quinta-feira, 2 de junho de 2016

GIBIS ANTIGOS (CLASSIC COMICS) - SACARROLHA Nº 14 - RIO GRÁFICA EDITORA (RGE)


SACARROLHA Nº 14 / 1973 RIO GRÁFICA EDITORA E EDITORA ABRIL - Para quem tem mais de 40 anos, certamente ainda se lembra com carinho desse clássico que simplesmente desapareceu de tudo quanto é lugar, dos sebos, dos sites de leilão e até mesmo da internet, gibizinho raro e dos bons tempos de uma leitura saudável e sem compromisso! Uma criação de Primaggio Mantovi, um talentoso ilustrador e quadrinista nascido na Itália em 1945 e radicado no Brasil. Desenhista desde os 6 anos de idade, para imitar o irmão mais velho, Mantovi chegou ao Rio de Janeiro em 1954 e, após um rápido curso publicitário, começou a trabalhar na Rio Gráfica Editora, no ano de 1964. Inicialmente seu trabalho era retocar histórias estrangeiras e ilustrar anúncios. Devido ao seu talento e competência, passou a ilustrar e escrever histórias do caubói Allan "Rocky" Lane e, mais tarde, do Recruta Zero, de quem escreveu e ilustrou cerca de 40 histórias. Primaggio também produziu cerca de 200 capas para a editora. No ano seguinte, Primmagio transferiu-se para São Paulo e passou a colaborar com a Editora Abril. Após vencer um concurso interno para criação de personagens, Primaggio ganhou o direito de ter sua revista e um contrato de 3 anos. Em janeiro de 1972, com uma tiragem de 160 mil exemplares, foi lançado SACARROLHA nº 01, pela RGE, um palhaço que retratava a alegria e descontração do ambiente do circo. Um tremendo sucesso da garotada, pela RIO GRÁFICA EDITORA, foram 36 números, e 4 edições pela EDITORA ABRIL. Sacarrolha deixou de ser publicado, porque o mercado de quadrinhos começou a ficar cada vez mais crítico extremamente exigente, e produzir uma revista, apenas como satisfação pessoal, como era para ele, deixou de valer a pena, e ter uma compensação com o título. A curiosidade fica por conta de que SACARROLHA era produzido nas horas de folga!!! Infelizmente, encontrar exempalres desse simpático personagem, é quase uma missão impossível, mas os que guardo com carinho em meu acervo, tem sua preservação garantida até que alguma editora quem sabe, resolva  licenciar, colocá-lo em circulação novamente....









F  I  M