domingo, 26 de abril de 2015

GIBIS ANTIGOS (CLASSIC COMICS) - ALMANAQUE DISNEY (WALT DISNEY COMICS DIGEST) / PARTE 1 - AS 10 PRIMEIRAS CAPAS BRASILEIRAS (WALT DISNEY'S COMIC DIGEST)



ALMANAQUE DISNEY / AS 10 PRIMEIRAS CAPAS BRASILEIRAS - Uma publicação mensal da Editora Abril, vou apresentar para vocês, as 10 primeiras capas publicadas no Brasil, do Almanaque Disney. Esse gibi marcou época e toda uma geração, por trazer em um único título, periodicamente no inicio, com 164 páginas, e após algum tempo, com 132 páginas, vários personagens clássicos do universo Disney, e também, histórias clássicas publicadas desde a década de 50 e 60! Num total de 372 edições, segue abaixo, as edições de 1 à 10, de dezembro de 1970, à março de 1972!










F  I  M

GIBIS ANTIGOS (CLASSIC COMICS) - ALMANAQUE DISNEY Nº 01 (WALT DISNEY'S COMIC DIGEST) 1970 EDITORA ABRIL


ALMANAQUE DISNEY Nº 01 - 1970 - Uma publicação mensal da Editora Abril, este é o exemplar nº 1 do Almanaque Disney. Esse gibi marcou época e toda uma geração, por trazer em um único título, e geralmente com 164 páginas, vários personagens clássicos do universo da Disney, e também as histórias clássicas publicadas desde a década de 50 e 60! Num total de 372 edições, segue abaixo, todas as histórias, e tirinhas rápidas contidas na edição. Apenas a primeira página de cada história, prá você matar saudades! No dia 4 de dezembro de 1970, uma fase mágica para mim, com o Natal se aproximando, e a chegada nas bancas dessa edição incrível. 

 Impossível não se lembrar de uma época inesquecível de nosso passado, onde a infância e juventude desse momento, era se se deliciar com pouca coisa, valores morais e a riqueza das amizades estavam presentes no dia a dia de cada um, na construção de nosso caráter e na boa educação deixada por nossos pais. As brincadeiras de rua a ida e a volta da escola para casa, tinha uma importância inigualável para mim, desfrutei cada momento penso eu, da melhor forma possível!















                                   F  I  M

sábado, 25 de abril de 2015

SÉRIES ANTIGAS DA TV (CLASSIC TV SHOWS) - A PODEROSA ÍSIS / O SEGREDO DE ÍSIS (SECRET OF ISIS) 1975

A PODEROSA ÍSIS - TRECHO E ABERTURA COM A DUBLAGEM CLÁSSICA HERBERT RICHERS

(clique no link acima e assista ao video com a RARISSIMA dublagem antiga)

A PODEROSA ÍSIS - Ela foi a primeira heroína a aparecer nas telas em uma produção própria para a televisão em setembro de 1975. Ao contrário do que muitos pensam, a “Mulher Maravilha” estreou sua própria série de TV em abril de 1976, embora o filme “Piloto” tenha sido exibido em novembro de 1975. Uma produção do famoso estúdio “Filmation”, que produziu desenhos conhecidos como “He-Man, She-Ra, Aquaman, Batman e Robin, Bravestar, Flash Gordon, Lassie Socorro” e dezenas de desenhos inesquecíveis e desaparecidos das emissoras hoje em dia, realizou também, as chamadas séries “live action” como “Capitão Marvel”, “Ark II” entre outros. 

Tudo começa quando a professora de ciências de 2º grau, Andréa Thomas (Joanna Cameron) em suas horas de folga, resolve dar uma de arqueóloga. Em uma viagem ao Egito, Andréa encontra um amuleto durante uma escavação que pertencera à deusa Ísis, dotado de poderes mágicos e desconhecidos com os seguintes dizeres no lugar: “Oh minha Rainha, disse o real sacerdote para Hapsethsut, com este amuleto, você e seus descendentes serão abençoados pela deusa Ísis. Com os poderes dos animais e dos elementos da natureza você subirá aos ares como o falcão, correrá com a velocidade da gazela e comandará os elementos do Céu e da Terra”. 


Com isso, ela sequer imaginava que três mil anos depois, encontraria esse amuleto e descobriria que é uma descendente dos segredos de Ísis, e que após o pronunciamento das palavras: “Poderosa Ísis”, se transformaria na deusa egípcia. Para voar, era necessário mencionar os seguintes dizeres: - “Oh! Zephyr que comanda o ar, erga-me para que eu possa voar!”. Andréa Thomas, assume uma dupla personalidade, desconhecida até mesmo pelos seus amigos mais próximos, o professor Rick Mason (Brian Cutler) e as alunas Cindy Lee (Joanna Pang), Renee Carrol (Ronalda Douglas) e o Dr. Joshua Barnes (Albert Reed). 


Como todo herói que se preze, nossa heroína era dedicada a destruir o mal, defender os fracos e promover a verdade e a justiça. Ao final de cada episódio, olhava diretamente para a câmera, falando sobre aquilo que considerava ser a moral da aventura que foi mostrada. A série de Ísis, foi criada especialmente para a televisão. Os efeitos especiais eram precários mesmo para a época em foi idealizada. Foi produzida em paralelo com a série “Capitão Marvel”. Em alguns episódios de Ísis, Capitão Marvel comparece para ajudá-la. 


O mesmo ocorria na série do Capitão Marvel; ou seja, vez por outra Ísis aparecia para auxiliá-lo em episódio duplo. Durante a produção do programa, a DC Comics publicou revistas em quadrinhos com a personagem. A Poderosa Ísis foi exibida no Brasil pela Rede Globo por volta de 1977/78. Após alguns anos, o SBT reapresentou a série (somente em alguns estados brasileiros) nos anos 80, com o nome “O Segredo de Ísis”, para nunca mais retornar. Apesar do relativo sucesso, a série não foi adiante. Teve apenas 22 episódios filmados, e não aparece na lista dos 20 mais assistidos do período entre 1975 - 1976 (época em que foi exibida via rede CBS da TV americana) e quase nada se sabe hoje a respeito de seus astros. Ísis marcou mesmo pela beleza de Joanna Cameron, uma americana nascida no Colorado em 1951, que começou no meio artístico no ano de 1969. 


As tardes de exibições na década de 70 na Globo, com as sessões “Globo Cor Especial”, Sessão Aventura”, e à noite sempre com a estréia de alguma série na “Quarta Nobre” foi o que de melhor havia para a gurizada e juventude. No Brasil, a versão brasileira ficou a cargo da Herbert Richers. A bela atriz Joanna Cameron, participou de episódios das séries “Daniel Boone” com Fess Parker, “Columbo” com Peter Falk, e “Switch” com Robert Wagner, quando em 1982, resolveu abandonar a carreira para trabalhar de enfermeira em hospitais dos Estados Unidos, e depois ainda, entrou para o ramo de Hotéis.



GUIA DE EPISÓDIOS

1 - Luzes na Montanha do Mistério

2 - Grandes Robôs

3 - As Coisas nem sempre são o que parecem

4 - O Som do Silêncio

5 - O Forasteiro

6 - Os Caçadores de Pedras

7 - Lucky

8 - O Pé Grande

9 - Como encontrar um Amigo

10 - O Presumido

11 - Sem Tambores nem Cornetas

12 - As Eleições

13 - Uma Garota Mecânica

14 - Um Garoto Medroso

15 - Sonhos de Verão

16 - O Cavalo Andarilho

17 - Pedindo Atenção

18 - O Palhaço do Salão

19 - Que não haja trapaça no jogo

20 - Ano do Dragão

21 - Agora eu Compreendo

22 - Agora tudo esta Claro

F  I  M

domingo, 19 de abril de 2015

GIBIS ANTIGOS (CLASSIC COMICS) - GIBI MENSAL Nº 163 - HOPALONG CASSIDY / 1954

GIBI MENSAL Nº 163 / 1954 - Uma publicação da Rio Gráfica Editora (RGE), com 50 páginas e trazendo histórias de faroeste prá fã nenhum, botar defeito! Hopalong Cassidy, Don Chicote, Annie Oakley, Sunset Carson e Rod Cameron. Vale rever também, algumas propagandas antigas da época. Abaixo, algumas páginas iniciais de cada história, e as propagandas do gibi.









 
 
 F  I  M