quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

SÉRIES CLÁSSICAS DA TV / GIBIS ANTIGOS (CLASSIC TV SHOWS / CLASSIC COMICS) - AVENTURA SUBMARINA (SEA HUNT) - 1958 LLOYD BRIDGES / DELL COMICS


ATENÇÃO: LOGO ABAIXO, CLIQUE NO LINK TEXTO EM AZUL CLARO, E ASSISTA A DOIS TRECHOS DE 2 EPISÓDIOS COM A DUBLAGEM ANTIGA PRESERVADA DA ÉPOCA DE SUA PRIMEIRA EXIBIÇÃO NO BRASIL! PEÇO DESCULPAS PELO AÚDIO ESTAR MUITO BAIXO, NO PRIMEIRO VIDEO, O SEGUNDO ENCONTRA-SE POUCA COISA MELHOR! DE QUALQUER FORMA, VALE A PENA RELEMBRAR AS AVENTURAS DE MIKE NELSON!

AVENTURA SUBMARINA - TRECHO E ABERTURA / DUBLAGEM ANTIGA (2ªT - EP19 - HERMES)

AVENTURA SUBMARINA - TRECHO E ABERTURA 16MM / DUBLAGEM ANTIGA (1ªT EP.15 CONTINENTAL RIFT)


AVENTURA SUBMARINA (SEA HUNT) - 1958 LLOYD BRIDGES / DELL COMICS Se você tem mais de 45 anos, certamente irá se lembrar de que até o inicio dos anos 60, as pessoas se reuniam em volta dos aparelhos de televisores preto e branco existentes, aguardando ansiosamente o término do processo de aquecimento das válvulas, para a imagem ficar consistente, tal qual o rádio valvulado. Entre programas de auditório, jornalísticos, shows e desenhos, uma série em especial que estreou no Brasil, despertou de imediato, um fascínio especial nos telespectadores: “Aventura Submarina”, com Lloyd Bridges no papel do Almirante Mike Nelson. 








Envergando estranhos equipamentos, o herói enfrentava as mais diferentes aventuras e perigos, que apesar da ingenuidade dos roteiros, e das restrições técnicas de filmagens da época, os episódios exibidos davam as primeiras noções básicas sobre as atividades submarinas, um mundo até então, inexplorado na televisão. Técnicas de mergulho, equipamentos, doenças descompressivas e narcose por nitrogênio. Mostrar as belezas do fundo do mar, também fazia parte dos episódios, mesmo em preto e branco. Lloyd Vernet Bridges Jr. nasceu em San Leandro, California, em 15 de janeiro de 1913, foi um grande atleta em sua adolescência desde os tempos de colégio e faculdade. 







Formado em arte dramática apareceu pela primeira vez no cinema no começo dos anos 40, por sua participação em grupos teatrais radicais, acabou entrando para a lista negra do FBI na era do McCarthysmo. No ano de 1958, Lloyd foi convidado a estrelar a série “Sea Hunt” (título original), no papel de Mike Nelson. A bordo de seu barco-lancha, o “Argonauta”, o ex-mergulhador da força naval americana, estava sempre pronto a enfrentar bandidos, espiões e toda a sorte de vilões e situações de perigo, que os roteiristas de Hollywood podiam imaginar. O estúdio chegou a produzir 155 episódios da série, com 25 minutos de duração, todos filmados em preto e branco. 









No inicio eram utilizados os “dublês” para as cenas submarinas. Com o tempo, Lloyd Bridges aprendeu a mergulhar, e resolveu por si só, a fazer todas as cenas submersas durante os 4 anos de produção da série que foi até 1961. Quando “Aventura Submarina” terminou, Lloyd já estava quase com 50 anos. Muitos nomes que fazem hoje a realidade do mergulho no Brasil e no mundo, despertaram para a atividade, graças à influência deste antigo seriado de TV. Lloyd Bridges faleceu em sua casa, em 10 de Março de 1998, devido a problemas cardíacos, deixando saudades   dos   antigos episódios do seriado e reconhecimento de toda a comunidade de mergulhadores. 







Aproveitando aquela época, Lloyd Bridges resolveu contar sua vida embaixo d´água e nos sets de filmagem, lançando um livro através do autor Bill Barada, “O Mundo Submarino”, da editora Dinal – 1966, com 220 páginas. Com tabelas de mergulho, e desenhos técnicos presentes no livro. No papel de "Mike Nelson", Bridges conta os bastidores das filmagens embaixo da água e alguns truques de Holywood. Essa edição foi traduzida para o Português também. No Brasil, que se tem noticias, existe 5 episódios com a dublagem antiga da época, todos de rolos de películas de 16mm, eu felizmente, tenho 2 adquiridos nesses anos de resgate da história da televisão brasileira.
























F I M