segunda-feira, 1 de maio de 2017

REVISTAS ANTIGAS / FOTONOVELAS (OLD - CLASSIC MAGAZINES / ESKİ DERGİLER / FOTOSTORIE / FOTO-MACERALARI / FOTOROMAN / COMICS ANTİK) / GREASE - NOS TEMPOS DA BRILHANTINA - 1978 RIO GRÁFICA EDITORA (RGE)


FOTONOVELA GREASE - NOS TEMPOS DA BRILHANTINA - 1978 RIO GRÁFICA EDITORA (RGE) / Pode-se dizer que esta fotonovela é uma raridade publicada em 1978, no auge de exibição do filme Grease no planeta! Em 52 páginas, a Rio Gráfica Editora licenciou os direitos e publicou a fotonovela do filmes em quadrinhos, com as famosas cenas do filme com John Travolta e Olivia Newton-John no papel central do casal Danny e Sandy. Baseado em um musical da Broadway, a trama é bastante simples, quase tola. Ambientada nos anos 50, mostra a confusa história de amor entre Sandy e Danny que se apaixonaram nas férias, mas ao se reencontrar no colégio onde o rapaz é o líder de uma turma de "bad boys" vão ter que enfrentar os costumes e preconceitos da época. O filme retrata bem essa juventude em conflito, quando a liberdade sexual ainda não tinha feito sua revolução e os estereótipos eram mais fortes em cada grupo. Inclusive no nome do filme Grease que vem da brilhantina usada no cabelo dos jovens rebeldes de uma classe social mais baixa na época, os greasers. Danny pertence a esse grupo e sua postura fica muito clara em comparação aos outros grupos de rapazes do colégio, como os esportistas ou a gangue rival. Já Sandy vem de uma família rica, morava na Austrália e tem todos os trejeitos de boa moça, educada. Não bebe, não fuma, não fala palavrão, como zomba Rizzo em determinado momento do filme. A cena de abertura de Grease, inclusive, retrata Sandy como uma Cinderela com direito a bichinhos a ajudando a se arrumar. Em oposição a Sandy, temos Rizzo, a líder das "rosas". Uma mulher a frente do seu tempo, autêntica e que não tem pudores em se entregar a um homem, o que a faz muitas vezes ser mal vista. A cena em que ela canta "There Are Worse Things I Could Do", é uma das mais interessantes de Grease, por mostrar exatamente essa sociedade de aparências e falsa moral dos anos 50. Nesta cena, ela ainda acredita estar grávida e virou alvo fácil de fofocas no colégio. Sandy, mesmo sempre sendo alvo de sua rixa, lhe oferece ajuda. Mas, ela apenas agradece anda pelo pátio, pensando em suas opções e nas das mulheres em geral daquela época. Engraçado que alguns ainda a vejam como vilã. Mas, o que marcou Grease foi mesmo os seus números musicais mais famosos. Como "Summer Nights" logo no início, onde Danny e Sandy contam aos amigos suas férias. A composição cênica dessa cena é muito boa. Desde a postura machista de Danny e os amigos em uma arquibancada de futebol. Até a meiguice de Sandy contrastando com diversas reações e interesses das meninas no pátio do refeitório. A posição de Rizzo também já é marcada em cena, sendo a única de preto em cena e que fala coisas desagradáveis como "deve ter sido um saco". O penúltimo número musical entre Danny e Sandy, já que todos ainda cantam "We Go Together" com aquele final meio nonsense deles indo para o céu... "You're the one that I want" é mesmo o grande hit do verão daquele ano, e também reafirmação da postura "greaser" do filme. Afinal, a mocinha pura se transformou para ficar com o seu príncipe encantado torto. Isso é tão sintomático que a capa do DVD é com eles dois nesse figurino final. Sandy em um modelito de couro preto, super apertado, com cabelo em permanente e com um cigarro na boca chega para desafiar o assustado Danny que estava tentando se transformar no bom moço esportista para agradá-la. A dança pelo parque de diversão tem momentos memoráveis como ela sem saber o que fazer e as meninas mandando apagar o cigarro de forma sensual, coisa que ela não faz exatamente bem. Mas, no resto, é outra mulher. A cena em que eles se aproximam de uma placa com os dizeres "Danger Ahead", por exemplo, é bastante simbólica. Ou quando se sacodem ao som do refrão em um brinquedo que chama Shake. Um filme para se divertir e cantar sem tantas preocupações ou senso crítico. E mesmo hoje, continua super divertido assistir junto de amigos. Grease foi a maior bilheteria de 1978, e ainda nos dias de hoje, para se ter uma idéia, representa a maior bilheteria de um musical, chegando quase a um total de US$ 400,000 milhões arrecadados mundialmente.














Abaixo, separei 10 curiosidades sobre a produção, e que talvez você ainda não tenha lido:

1 - Por conta de um zíper quebrado, Olivia Newton-John precisou que as calças fossem costuradas no seu corpo para a sequência final.

2 - Com 1,87m, Jeff Conaway precisava andar ligeiramente curvado para parecer bem mais baixo que John Travolta, que tem 1,88m.

3 - Situado em um colegial, grande parte do elenco principal já havia superado a adolescência há muito tempo. Quando as filmagens começaram, em 1977, John Travolta tinha 23 anos; Olivia Newton-John, 28 anos; Stockard Channing, 33 anos; Jeff Conaway, 26 anos; Barry Pearl tinha 27; Michael Tucci, 31 anos; Kelly Ward tinha 20; Didi Conn, 25 anos; Jamie Donnelly tinha 30; e Annette Charles tinha 29. Com 19 anos, Dinah Manoff, Lorenzo Lamas e Eddie Deezen eram os mais jovens do elenco.

4 - Muitos números musicais da peça original não foram usados. Porém, eles aparecem entre as faixas da jukebox ou são tocadas pela banda do baile da escola. Entre essas faixas estão "Freddy, My Love", "Those Magic Changes" e "It's Raining on Prom Night".

5 - Carrie Fisher teria sido considerada para o papel de Rizzo.

6 - A cena em que Rizzo (Stockard Channing) cita Elvis em "Look at Me, I'm Sandra Dee" foi filmada no dia da morte do Rei do Rock, em 16 de agosto de 1977.

7- A produção tinha um acordo de product placement com a Coca-Cola, mas o negócio foi cancelado. Assim, todos os produtos da marca foram retirados de cena ou borrados (na imagem você vê a cena original, sem o borrão).

8- "Greased Lightning" deveria ser cantada pelo personagem de Jeff Conaway, Kenickie, como na versão dos palcos. Porém, John Travolta usou sua influência para que seu personagem, Danny Zuco, cantasse na sequência.

9 - Jeff Conaway afirmou em um episódio do reality show Celebrity Rehab with Dr. Drew que ele foi empurrado por um dos seus colegas de elenco durante a gravação de "Greased Lightning". A lesão provocada pelo acidente é que teria levado o ator ao vício em remédios para dor que causou sua morte em 2011.

10 - "Hopelessly Devoted To You" foi escrita e gravada após o término das filmagens. Os produtores queriam uma balada com Olivia Newton-John e a cantora foi convocada a voltar ao set para incluir a música no filme. A canção acabou recebendo uma indicação ao Oscar, a única do filme.




















F  I  M