segunda-feira, 14 de novembro de 2016

LIVROS INFANTIS PARA COLORIR (COLORING BOOK / CHILDREN'S BOOK / COLOR CHILDREN'S BOOKS) - LIVRO DE COLORIR DO CAPITÃO MARVEL (CAPTAIN MARVEL COLORING BOOK) - 1941 FAWCETT PUBLICATIONS


LIVRO DE COLORIR DO CAPITÃO MARVEL (CAPTAIN MARVEL COLORING BOOK) - 1941 FAWCETT PUBLICATIONS / Um clássico personagem publicado em 1941 por essa editora americana especializada em quadrinhos. Em formato de livro infantil para colorir, o livro trás uma "Aventura do Capitão Marvel", de um total de 36 páginas, aqui nesta postagem, você aprecia algumas delas. Fatos interessantes envolvendo a Marvel e DC ligados ao nome do personagem: Depois de um julgamento em que a DC Comics processou a Fawcett Comics por violação dos direitos autorais, esta deixou de publicar o Capitão Marvel. No final dos anos sessenta, a Marvel passou a publicar uma revista intitulada "Captain Marvel", forçando a DC a denominar a revista do Capitão Marvel, de Shazam!, mas para manter a marca registrada, a Marvel teve que publicar um título "Captain Marvel" a cada ano ou a dois mesmo que fosse contendo personagens com o codinome. No início da década de 1940, as revistas de histórias em quadrinhos começavam a iniciar sua ascensão apoteótica no gosto dos jovens leitores americanos. Dois anos antes, o primeiro super-herói dos quadrinhos, Superman, havia ganho os ares da América, abrindo o caminho para uma galeria gigantesca de outros super-heróis com os mais diversificados poderes. Aquele que mergulharia mais fundo no imaginário popular, no entanto, só apareceria no segundo número da revista Whiz Comics, publicada pela editora Fawcett, sendo colocado em circulação em fevereiro de 1940. Nele, surgiria pela primeira vez um super-herói de roupa totalmente vermelha, com uma capa amarela curta e um relâmpago dourado desenhado no peito do uniforme, tendo sua imagem física moldada na do ator Fred MacMurray: o Capitão Marvel. Na realidade, seu nome seria inicialmente Capitão Trovão, mas foi modificado para Marvel pouco antes do lançamento da revista. O novo herói tornou-se logo um enorme sucesso, rapidamente ultrapassando em vendas o criador do gênero. E isso foi bastante lógico. Enquanto proposta temática, ele era muito mais criativo e interessante que seu predecessor. Nas histórias do Capitão Marvel, a arte caricaturesca de Charles Clarence Beck casou muito bem com o roteiro original de Bill Parker, que trazia elementos mágicos, míticos mesmo, até então ainda não explorados no universo dos super-heróis. Mesmo quando Parker abandonou a série e foi substituído por outros roteiristas, dentre os quais se destaca o criativo escritor Otto Binder, responsável pelo roteiro de mais da metade das histórias do Capitão, essa relação de complementaridade jamais deixou de existir. O inicio dessa grande transformação na vida do jovem Billy Batson, um pobre órfão que para seu sustento, vendia jornais no metrô da cidade, começa quando uma figura misteriosa o chama e pede para que o siga por um túnel. Billy se viu diante de paredes com estátuas gigantescas que representavam os sete pecados capitais. Passando por esse corredor, o jovem chegou a uma grande câmara, na qual, sobre um trono de pedra, estava sentado um ancião de longas barbas brancas. O velho apresentou-se como Shazam, um antigo mago egípcio que havia lutado contra as forças do mal desde tempos imemoriais e que agora buscava um sucessor. Billy deveria assumir o seu lugar. Assustado, o garoto perguntou-lhe como poderia fazer isso e o mago ordenou que pronunciasse seu nome. Ao gritar pela primeira vez a palavra "Shazam", um relâmpago, acompanhado do som de um poderoso trovão, atingiu Billy Batson, e ele se transformou no mortal mais poderoso da Terra. O Capitão Marvel possuía os poderes de uma miscelânea de personagens míticos e históricos, cujas iniciais, em acrônimo, formavam a palavra mágica Shazam: de Salomão, recebeu a sabedoria; de Hércules, a força; de Atlas, o vigor físico; de Zeus, o poder; de Aquiles, a coragem; e, de Mercúrio, a velocidade. Este sim, é o mas lembrado personagem dos quadrinhos entre outros de mesmo nome em fases de sua longa vida, principalmente para aqueles com mais de 40 anos!















F  I  M