segunda-feira, 14 de novembro de 2016

FOLHETO DE PROPAGANDA DE FARMACIA ANTIGO (ANTIQUE PHARMACY ADVERTISING BROCHURE / ALMANAC OF PHARMACY / 薬学の年鑑 / ALMANAC VON APOTHEKE / ALMACI /ANAC DE PHARMACIE / Альманах ФАРМАЦИЯ / ALMANAK FOR FARM 年鑑雜誌JOURNAL) - EMULSÃO SCOTT APRESENTA NOSSO BRASIL - 1942 SCOTT & BOWNE, INC. OF BRAZIL


FOLHETO DE PROPAGANDA DE FARMACIA ANTIGO / EMULSÃO SCOTT APRESENTA BRASIL - 1942 SCOTT & BOWNE, INC. OF BRAZIL / Embora não seja um daqueles cobiçados e raros Almanaques de Farmácia, este folheto propaganda do tônico EMULSÃO SCOTT, de apenas 8 páginas, trazia a cada ano ou de 6 em 6 meses de sua distribuição interna e gratuita, resumos importantes da História do Brasil, humorismo, passatempos entre outros. Neste raro exemplar do ano de 1942, consta um resumo histórico dos estados do Brasil, que compunham a federação brasileira da época, vale a pena ler de novo! Uma raridade hoje em dia embora ainda circule timidamente a cada ano, os antológicos Almanaques de Farmácia, como este do blog e de acervo pessoal, é muito disputado por colecionadores e fãs deste livrinho de 1001 utilidades!  Os Almanaques foram desaparecendo à medida que se sofisticavam as técnicas de propaganda e marketing. E dos milhões de exemplares lançados pelo Brasil afora, poucos restam. Mas a representatividade de testemunhos insubstituíveis de época, e um patrimônio comum a toda nossa indústria farmacêutica, jamais deixarão de ter esse reconhecimento. Num formato padrão, medindo apenas 13,5 cm x 18 cm, de 34 páginas em média, eles traziam diversas informações e de variados temas que era o atrativo principal e o que despertava a busca pelas farmácias do "tal" livrinho todo final de ano (a maioria era anual), mas também algumas publicações mensais chegaram a aparecer. O Almanaque Biotônico Fontoura (produto criado pelo farmacêutico brasileiro Cândido Fontoura.), lançado em 1920, foi criado (elaborado e ilustrado) por ninguém menos que Monteiro Lobato! Ele criou nas suas páginas o folclórico personagem Jeca Tatu, o caipira que fez tanto sucesso que apareceu também nos seus livros infantis. As capas sempre foram um atrativo à parte nos anos 40, 50 e 60, trazendo figuras ou perfeitos desenhos de belas mulheres, sempre ao lado de um frasco do produto, fazendo uma óbvia e clara alusão as populares "pin-ups". Figuras de destaque do meio cinematográfico ou da televisão, também foram capas dos incríveis almanaques, como Vera Fischer, Elizabeth Taylor, Rose Di Primo, Brigitte Bardot e até mesmo a Xuxa entre outras. O interessante é de que sempre prevaleceram as mulheres nas capas! No Brasil, em 1887,  o Almanaque Pharol da Medicina, elaborado com o patrocínio da Drogaria Granado do Rio de Janeiro, juntamente como Almanaque do Dr. Ross, em 1891, e criado para divulgação aqui no Brasil, foram os modelos pioneiros dos almanaques de farmácia. As pílulas de Vida do Dr. Ross, amplamente divulgadas pela propaganda radiofônica, bem como o Sabonete Ross, Talco Ross, Pasta Dentifrícia Ross, Quinina de Ross, entre outros produtos, sempre estiveram presentes nas páginas desse pioneiro Almanaque, além dos famosos "jingles" de rádio que na época, entre uma radio-novela e outra, boletins informativos, e durante toda a programação das emissoras, a dona de casa ouvia e passava a conhecer os remédios e produtos dos laboratórios, bem como em pouco tempo, acompanhava cantando junto, alguns jingles que ficaram na memória de muita gente ainda hoje. só para se ter uma idéia, Almanaque  Pharol da Medicina possuiu uma tiragem inicial de 100 mil exemplares e de 1913 a 1923, atingiu a cifra de 200 mil exemplares. Fato esse muito significativo para a história dos almanaques, sobretudo os de farmácia. Ao longo dos anos desta publicação, eles foram evoluindo gráfica e tematicamente. Chegando a fazer referência aos componentes culturais e históricos de cada época e região. E na maioria das capas havia um espaço em branco abaixo das fotos de capa, reservado para o dono da farmácia colocava o nome e o endereço do seu estabelecimento comercial, geralmente através dos velhos e bons carimbos, com nome, razão social e endereço do estabelecimento! Eu particularmente, gostava demais de ficar pronunciando com meus amiguinhos da época, os nomes complicados de alguns remédios ou produtos como: Eczemol, Gonolina, Jalapa Composta, Tônico Capivarol, Phosphol, Ankilostomina Fontoura, Asardol, Elixir Nogueira, Vermífugo Kraemer, Fontol, Xarope de Limão Bravo, Hespiza, Emulsão Scott, Sinolina, entre tantos outros! A primeira edição do Almanaque Fontoura que teve Monteiro Lobato à frente fez um estrondoso sucesso com os seus 50 mil exemplares iniciais, esgotando-se num piscar de olhos. Esta tiragem foi crescendo a ponto de entre as décadas de 1930 a 1970 terem sido distribuídos entre dois e meio a três milhões de almanaques. Em 1982 sua tiragem foi de cem milhões de exemplares.Distribuídos pelos laboratórios e oferecidos como brinde aos consumidores nas drogarias. Seu conteúdo basicamente, englobava de tudo: calendários, fases da lua, piadas, dicas de saúde, receitas culinárias, charadas, cartas melodramáticas, cartas enigmáticas, jogo dos sete erros, caça-palavras, calendário agrícola, horóscopo, santos do dia, dias favoráveis para pesca, e as deliciosas propagandas publicitárias, que faço questão de ressaltar aqui nesta publicação. Você se recorda de pelo menos uns 5 títulos de almanaques que circularam no país? Quer ajuda? ALMANAQUES - Fosfotoni, Saúde da Mulher, Guaraína, Silveira, Elixir Prata, Elo, Almanaque do Laboratório Velmon, Sadol, Renascim, Bristol, Capivarol, Piumhy, Biotônico Fontoura, Almanaque do Dr. Schilling, Emulsão Scott, Pharol da Medicina, Dr. Ross, Iza, Goulart, Calcigenol, Colírio Moura Brasil, Bayer...será que me esqueci de mais algum almanaque? AQUI NESTE BLOG, CONSTA ALGUNS ALMANAQUES DE FARMÁCIA! BUSQUE POR ELES.....








F  I  M