sábado, 18 de junho de 2016

GIBIS ANTIGOS E SÉRIES CLÁSSICAS DA TELEVISÃO (CLASSIC COMICS / CLASSIC TV SHOWS) - DAKTARI Nº 01 - 1967 DELL COMICS


DAKTARI Nº 01 - 1967 DELL COMICS / No ano de 1967, a editora americana Dell Comics, devido ao sucesso de audiência da série Daktari, publicou pela primeira vez, quadrinhos da série de televisão, em edições coloridas de 36 páginas. Esta edição trouxe apresentou 3 estórias com os personagens queridos e inesquecíveis. De 1966 a 1969, essa série não tem como característica principal, o gênero aventura ou de ação como os demais estilos de filmes de selva, baseando-se como exemplo, “Tarzan” de 1966 com Ron Ely, e Jim das Selvas de 1955 com Johnny Weismuller, mais gordinho após fazer a série de cinema interpretando o homem-macaco. Daktari conta o dia a dia de um médico veterinário norte-americano, o Dr. Marsh Tracy (Marshall Thompson), e sua dedicação pelo mundo animal.  Daktari na linguagem africana do dialeto “Swahilli”, quer dizer “Doutor”. Uma produção de Ivan Tors Films Inc., e com 89 episódios de 50 minutos de duração, a série foi exibida pela CBS e aqui no Brasil, com o passar dos anos, rodou praticamente por todas as emissoras da época, embora seja muito mais lembrada quando de sua exibição na TV Bandeirantes, Canal 13 de São Paulo. Gravada numa antiga colônia do Quênia e no parque de animais selvagens perto de Los Angeles, a série ficou no ar por quatro temporadas. 



O pontapé inicial para o seriado foi o longa-metragem “O Leão Vesgo”, lançado no ano anterior, com direção de Andrew Marton, que mostrava as dificuldades do rei da selva para caçar, tendo um problema de visão. O filme teve uma boa repercussão, pelo menos o suficiente para ganhar uma série de TV. Na série, o Dr. Tracy desempenha o seu trabalho num centro de estudo de animais, localizado numa reserva africana chamada Wameru. Tracy trabalha todos os dias e com muita dedicação pelo mundo animal, atuando como médico de bichos feridos ou enfrentando caçadores furtivos que ameaçavam algumas espécies, além de contrabandistas de jóias ou casos de doenças graves nos nativos. Com o elenco de apoio, a série conta com a participação de sua filha Paula Tracy (Cheryl Miller), o americano Jack Dane (Yale Summers) e o nativo Mike (Hari Rhodes). Mas a grande novidade da série, são dois personagens interessantes e até certo ponto, personagens centrais da série, Clarence o leão vesgo, que devido a esse problema que o acompanha desde pequeno, foi levado para a reserva, e se tornou uma das mascotes do lugar, e a esperta chimpanzé Judy que protagoniza alguns dos momentos cômicos do seriado. Na época, já era muito famosa em Hollywood, pois também estrelava simultaneamente outra série de grande sucesso, “Perdidos no Espaço”, que ainda estava em produção, tendo inicio em 1965 e filmado até 1968 onde fazia o papel de “Debbie”. Sob a alegação de que a chimpanzé tinha o hábito às vezes, de morder o elenco da série durante as gravações, ela teve seus dentes extraídos para que pudesse continuar participando dos seriados. 


Outro personagem que aparecia com freqüência em Daktari, era Hedley (Hedley Mattingly), um oficial britânico. Na penúltima temporada alguns novos personagens foram inseridos no programa. Você ainda se recorda? Um ranger chamado Bart Jason (Ross Hagen) e Jenny Jones (Erin Moran), um orfão de 7 anos de idade que acaba sendo adotado pela família Tracy. Aqui no Brasil, acompanhei a série pela primeira vez na minha vida, através do Canal 13, Tv Bandeirantes do estado de São Paulo no final dos anos 60 ainda, e mais algumas reprises nos anos 70. Daktari foi exibido pela última vez, pelo canal a cabo TNT, no inicio dos serviços do sistema aqui no país, em 1993, com a respectiva dublagem antiga. O canal Retrô Channel da extinta Directv, exibiu os episódios com legendas em português, e para variar, nos inúmeros canais que são fornecidos hoje em dia por satélite, cabo ou qualquer tipo de transmissão,  já faz um longo tempo que a série desapareceu da grade de programação das emissoras no país.



F  I  M