quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

GIBIS ANTIGOS (CLASSIC COMICS) - ANTAR Nº 13 - 1962 EDITORA EDIEX


ANTAR Nº 13 - 1962 EDITORA EDIEX / Esse gibi especificamente, obteve uma grande aceitação do público leitor, pois a novidade era simplesmente, os quadrinhos fotografados de filmes de Tarzan, Jim das Selvas e aventuras na Selva, ou seja, fotonovelas com heróis e personagens que todos conheciam. Os filmes de Tarzan com Johnny Weissmuller foram quadrinizados do número 01 ao número 07, e posteriormente no número 17, com os seguintes filmes de cinema: O filho de Tarzan, Tarzan e as Sereias, Tarzan e o terror do deserto, Tarzan e as Amazonas, Tarzan e o terror do deserto, Tarzan e a caçadora, Tarzan e a mulher-leopardo e A fuga de Tarzan. Lex Barker apareceu como Tarzan nos números 08, 09 e 12, com os títulos de cinema: Tarzan e a montanha secreta, Tarzan e a escrava e Tarzan na terra selvagem. Gordon Scott como Tarzan foi homenageado no número 15, do titulo de cinema Tarzan e a expedição perdida. Posteriormente, apareceu nas capas do Antar 34 e 35. Do número 57 ao 63, foi impresso em forma de telenovela com atores italianos com Rosário Borelli como Antar. Após o sucesso do Lançamento de Antar, com as aventuras de Tarzan no cinema, a Ediex resolveu lançar no final de 1961, o almanaque Antar para 1962, com capa desenhada baseada em Johnny Weissmuller, com quadrinização do filme Tarzan o Destemido, com Buster Crabbe. Como seria um almanaque, colocaram tambem mais uma história de faroeste com Randolph Scott e Gabby Hayes e outra aventura nas Selvas com o caçador de animais para Zoologico, Frank. Já em decadência, a Ediex tentou ganhar tempo, reprisando nos numeros 64 e 65 os primeiros numeros de Antar, com capas desenhadas. Neste, houve uma tentativa frustrada de fazer um gibi todo desenhado, mas não foi adiante. Terminava assim, o último número de Antar, uma série bem sucedida. Uma edição fantástica esta apresentada aqui no blog, com 68 páginas de pura ação, tal como se você estivesse assistindo no Cinema ou na Televisão! Antar é antológico, mas outros generos e segmentos também faziam sucesso na época, a Ficção Cientifica, os filmes Épicos e o Faroeste, e claro, não faltaram títulos especificos, para cada um, "Fotowest, "Fotoaventuras", "Ultraciência", etc .











F  I  M