domingo, 1 de novembro de 2015

SÉRIES ANTIGAS DA TV (CLASSIC TV SHOWS) - SHANE / 1966 DAVID CARRADINE





SHANE - 1966 / Uma produção de 1966, através da Paramount Pictures Television, e baseada no livro e no filme de Cinema, Herschel Daugherty e Gary Nelson desenvolveram esta série para a televisão.  Com apenas 17 episódios, de aproximadamente 50 minutos de duração cada, sua última exibição ocorreu na TVS / SBT nos anos 80, com a ótima dublagem do estúdio AIC-SP. A série narrava as crônicas que tinha início quando Marian Starett, depois da morte de seu marido, assumiu a árdua tarefa de continuar a criar o seu filho Joey, assim como proteger a fazenda de um barão de terra muito cruel chamado Rufe Ryker, que não via a hora de tomar posse das terras da viúva. 



Tudo ficaria muito fácil para Ryker, caso Marian não contratasse um vaqueiro forasteiro chamado Shane, que preocupado com a condição da viúva, resolve defender as terras dos malfeitores, assim como servir como uma figura paterna para o pequeno Joey. Baseada num livro de 1949, de mesmo nome, escrito por Jack Schaefer e que pouco tempo depois, transformou-se num filme, dirigido e produzido por George Stevens, com músicas de Victor Young, distribuído pela Paramount Pictures e apresentado pela primeira vez em 23 de abril de 1953. No Brasil este filme de Cinema, levou o título de “Os Brutos Também Amam”.



O filme contava a história de um misterioso caubói chamado Shane, interpretado por Alan Ladd, que chegava numa pacata cidade do Velho Oeste, onde pequenos sitiantes lutavam para manter suas terras contra os poderosos criadores de gado, que controlavam boa parte deste local. Shane começa a trabalhar num desses pequenos sítios de propriedade de Joe Starret (Van Heflin), e logo passa a sentir-se atraído pela esposa dele Marian (Jean Arthur). Shane rapidamente conquista a admiração do filho Joey (Brandon De Wilde) do casal, que passa a encará-lo com um herói. 


A tensão naquela região começa a ficar cada vez mais conflituosa, principalmente quando um poderoso fazendeiro chamado Rufus Ryker (Edgar Buchanan), contrata um temível pistoleiro chamado Jack Wilson (Jack Palance), para pressionar ainda mais os pequenos sitiantes. Diante dessas circunstâncias, Joe Starrett, patrão de Shane, resolve matar o pistoleiro Wilson e também o poderoso Ryker. Mas, vendo a grande desvantagem de Joe Starrett, diante desses dois grandes inimigos, Shane impede Joe de cometer tal loucura. Os dois acabam brigando, mas Shane acaba vencendo e desta forma, ele resolve desafiar o pistoleiro Jack Wilson para um duelo. O filme ganhou vários prêmios como um Oscar na categoria de melhor fotografia colorida em 1954 e também recebeu outras indicações, inclusive uma indicação ao prêmio BAFTA de 1954, no Reino Unido. 



Elenco:

David Carradine como Shane
Jill Ireland como Marian Starrett
Tom Tully como Tom Starrett
Christopher Shea como Joey Starett
Bert Freed como Rufe Ryker
Sam Gilman como Sam Grafton




F  I  M